Luiz Roberto Guedes publicou Calendário lunático – erotografia de Ana K (2000), a novela histórica O mamaluco voador (2006), e os contos de Alguém para amar no fim de semana (2010) e Miss Tattoo – uma quase novela (2016). é autor de livros juvenis, como Armadilha para lobisomem (2005), O caçador do arco-íris (2007), Meu mestre de história sobrenatural (2008) e Planeta bicho – um almanaque animal (2011), coletânea de poemas para crianças. Recebeu o Prêmio Escriba de Contos (1997), Prêmio de Poesia Lilia Pereira da Silva (1999), Prêmio de Poesia Helena Kolody (2001) e o Prêmio Nacional de Contos de Ficção Científica (2007) da revista Scarium. Seus livros Treze noites de terror (2001) e O livro das mákinas malukas (2007) foram adotados pelo PNBE (Plano Nacional Biblioteca na Escola). Letrista sob o pseudônimo de Paulo Flexa, assinou parcerias com vários compositores brasileiros como Luiz Guedes & Thomas Roth, Beto Guedes, Madan e Ivaldo Moreira.

Mostrando todos os 5 resultados