Leonardo Moreira é dramaturgo e diretor da Companhia Hiato, de São Paulo e mestre em dramaturgia pela Universidade de São Paulo (USP). Estreou como autor e diretor com a peça Cachorro morto (2008) e com o texto seguinte, Escuro, recebeu o Prêmio Shell 2011 de Melhor Autor. Com O Jardim recebeu dezenove indicações aos principais prêmios do país e venceu o Prêmio Shell 2012 como Melhor Autor, além do Prêmio APCA 2012 de Melhor Direção, Prêmio Governador do Estado de São Paulo – Melhor Espetáculo, e Prêmio Cooperativa Paulista de Teatro – Melhor Autor e Melhor Espetáculo. Também são de sua autoria Bagagem (finalista do Prêmio Luso Brasileiro de Dramaturgia), Dois Pássaros, Prometheus – a tragédia do fogo (espetáculo selecionado a participar dos Festivais de Avignon e Edimburgo e indicado a três Prêmios Shell 2012, indicado a Melhor Autor Prêmio CPT 2012,) e Menor que o Mundo, que também dirigiu. Dirigiu o espetáculo O Silêncio depois da chuva (indicado a dois Prêmios Shell 2012). Além disso, é um dos roteiristas do longa-metragem A noite do Halley e de séries para a televisão.

Mostrando todos os 2 resultados