Leonardo Cortez é ator, diretor e dramaturgo, formado em artes cênicas pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP). Em 1999 fundou a Companhia dos Gansos de Teatro. Em 2000 dirigiu Mumu, a vaca metafísica, que lhe valeu os prêmios de melhor diretor no Festival Universitário de Teatro de Blumenau, indicação para a mesma categoria no Festival Nacional de Teatro de Florianópolis – além de ter sido finalista na categoria direção no Prêmio Nascente 2000. E seguiu com trabalhos de repercussão no teatro. Escreveu e dirigiu O Crápula Redimido, que recebeu prêmios pelo texto original nos Festivais de Florianópolis e Pindamonhangaba (SP). Adaptou O livro do adolescente, de Liliana e Michelle Iacocca, para o teatro, transformando-o no espetáculo Da Hora. Escreveu e interpretou o monólogo In Memoriam. Também escreveu o roteiro e protagonizou o curta-metragem São Paulo nos pertence, e escreveu, dirigiu e protagonizou o espetáculo Escombros, recebendo o prêmio de melhor diretor, melhor espetáculo e indicação como melhor ator no Festival Nacional de Teatro de Pindamonhangaba.

Mostrando um único resultado