A coisa mais próxima da vida

A coisa mais próxima da vida

James Wood

Coleção: Quem lê Sabe Por quê
ISBN: 978-85-504-0480-6
Ano: 2017
Páginas: 128

Preço sugerido: R$ 35,00
Capa: Brochura
Formato: 23 X 14,2cm
Código: 066182

Resumo do livro .

Com título inspirado na citação sobre arte de George Eliot, os ensaios de James Wood neste livro buscam identificar e comentar as relações entre a literatura e a realidade. Diferente de como funciona a ficção, em que se detém no realismo, aqui Wood divaga sobre religião, morte, exílio, detalhe, a importância das coisas e descreve como a literatura perpassa todas essas temáticas com sua experiência necessária. Os quatro ensaios presentes no livro não são capítulos contínuos, mas se entrelaçam pela coerência do pensamento deste que é um dos mais importantes críticos literários contemporâneos.

 

SOBRE O AUTOR:

James Wood nasceu em 1965, em Durham, na Inglaterra. Foi resenhista do jornal The Guardian de 1992 a 1995 e editor da revista The New Republic, entre 1995 e 2007. Desde então, escreve na revista The New Yorker. Professor de crítica literária na Universidade de Harvard, escreveu dois livros de ensaios The Broken Estate: Essays in Literature and Belief (1999) e The Irresponsible Self: On Laughter and the Novel (2004) – o qual foi finalista do National Book Critics Circle Award –, um romance, The Book Against God (2013), e o estudo Como funciona a ficção (sesi-sp editora, 2017). Em 2009, venceu o National Magazine Award na categoria resenhas e críticas. Célia Euvaldo é artista plástica e tradutora. Traduziu diversos livros de arte, crítica de arte, crítica de literatura e não-ficção.



A coleção .

Quem lê Sabe Por quê



Literatura Geral .

Baixe os aplicativos SESI-SP em seu smartphone